01/07/2016 Inverno e alimentação

Mariana de Macedo Boz

Nutricionista do CHO – Centro de Hematologia e Oncologia

O frio chegou e com ele iniciam os anúncios de cafés coloniais, festivais de fondue, rodízios de massas e de sopas. Para esquentar e acompanhar essas refeições o vinho é a principal escolha de muitos adultos. Com as baixas temperaturas temos a impressão que nosso corpo pede por alimentos quentes, que geralmente não são nada saudáveis. O consumo de alimentos calóricos, ricos em gordura e fontes de carboidrato aumentam e do outro lado o consumo de frutas e verduras diminuem. Isso acontece porque nosso organismo gasta mais energia tentando manter a temperatura corporal.

Nesse período que deixamos de consumir alguns alimentos essenciais para nossa saúde, precisamos redobrar o cuidado na prevenção de doenças respiratórias. O segredo para manter uma boa imunidade pode estar na sua própria casa. Os alimentos possuem papel protetor no nosso organismo e consumindo os alimentos corretos conseguimos melhorar nossa imunidade.

Para isso, em sua lista de compras nesse inverno devem estar incluídos alimentos como alho, gengibre, mel e melado e as frutas da estação ricas em vitamina C, como laranja, acerola, kiwi e morango. Alimentos fontes de ferro como rúcula, couve, espinafre, brócolis, agrião, feijão, lentilha, carne vermelha magra, fígado de boi e ovo são muito importantes. As oleaginosas também devem estar em seu cardápio com nozes, castanha do Pará, amêndoas, chia e linhaça, sem esquecer de outras fontes ricas em ômega 3, como salmão, sardinha, atum, azeite de oliva e linhaça.

Para manter o hábito diário de frutas e verduras a sugestão é investir em sucos naturais, vitaminas, sopas, caldos e líquidos quentes como o chá. Quanto mais aquecido nosso organismo maior o controle da fome e da compulsão alimentares.

O inverno também é uma época boa para quem precisa perder peso. A boa notícia é que o gasto energético também é maior no caso de práticas de atividade física. Por isso não deixe a atividade física de lado durante a estação. Se você conseguir conciliar a boa alimentação com a prática de atividades, além de manter o peso você ainda terá um organismo saudável para enfrentar o inverno sem as temidas doenças da estação.


Outras Notícias